domingo, 23 de setembro de 2012

Recital da Goiabeira





Eram cacos de acasos.
Pousados na goiabeira.
O tempo, correndo, rio abaixo.
E a sorte, feito sereia,
Riscava silhuetas de afeto
Entre bocas de areia.


Por Karline Batista

Um comentário: